Organoterapia na Doença de Parkinson e para dores cronicas e obstrucao carotidea em paciente de Parkinson

Historia Clinica

Paciente do sexo feminino, nascida em 15/07/1956. Residente em Belo Horizonte, iniciou o tratamento em 2013. Antes era mais independente, executiva, despachada, a doença mudou muito a dependência, falta de trabalho, não quer mais o convívio com a família.

Esteve com o companheiro em todos os anos, não estava com filhos e família, viajando num carro com ele, todos os fins de semana. Mesmo durante o tempo em que pais estavam doentes. Não ajudou na doença.

Prolopa/Akineton/Mantidan.

US da coluna: fratura antiga de 2 vertebras e Hernia de disco lombar.

Mais intolerante a ser contrariada que Phosphorus, mas carente como Phosphorus, adoeceu depois de muitas perdas familiares. Maior queixa é ser deixada de lado pelos filhos.

Diagnostico: PARKINSON – , LYCOPODIUM –

Evoluiu de setembro de 2013 (1a consulta) até abril de 2014 diminuindo para 1 ou zero os sintomas de dores, de Parkinson, de outros órgãos e emocionais como mostrado na ficha evolutiva abaixo:

  1.  Ficha evolutiva da média dos sintomas
MUITO INTENSO: 3 – MÉDIO INTENSO: 2 – POUCO INTENSO: 1 – SEM SINTOMAS: 0
REAÇÕES:20132014
DATAS:4/98/125/214/319/4
Dor lombar, desce para as pernas3,02,03,01,02,0
Dor nos quadris, desce para pernas1,02,03,01,02,0
Dor nos joelho esquerdo ao se levantar1,00,03,01,00,0
Dor no joelho as vezes (peso)2,01,03,01,01,0
Média das dores1,81,33,01,01,3
Dificuldade falar (fala embolada, rigidez músculos da face)3,0  0,0  1,0  0,0  0,0
Dificuldade para engolir (engasgos)1,01,01,01,00,0
Dificuldade para ficar em pé (impressão que vai cair)2,0  1,0  0,0  0,0  0,0
Dificuldade para andar3,00,00,01,00,0
Movimenta a cabeça todo o tempo (Mantidam e prolopa).3,0  1,0  2,0  2,0  1,0
Dificuldade para escrever.2,01,01,01,00,0
Lentidão para varrer, arrasta os pés, tomar água2,00,00,00,00,0
Desequilibrio para andar2,01,01,00,00,0
Deixa cair as coisas2,00,00,00,00,0
Media dos sintomas de Parkinson2,20,60,70,60,1
Tendencia a amigdalite0,00,00,00,00,0
Intestino preso (pedra)3,00,00,00,00,0
Dificuldade de mastigar por proglemas dentários3,02,02,02,03,0
Queimação no estomago (Mantidam)1,01,00,00,00,0
Desanimo, falta de energia ou motivação3,01,02,01,02,0
Média dos sintomas de outros órgãos2,00,80,80,61,0
Tristeza, chora àtoa3,00,02,01,01,0
Medo de ficar sozinha1,00,00,00,00,0
Tudo tem de ser do jeito que ela quer2,00,00,00,00,0
Desejo constante de companhia2,00,00,01,00,0
Ansiedade antes de acontecer3,01,01,01,00,0
Triste por perdas e separações 2,01,02,01,01,0
Sensível a repreensões por erros2,00,01,00,01,0
Remoi mágoas antigas e reclama muito tempo2,00,01,00,00,0
Sentimento de rejeição, sente-se deixada de lado. 2,01,01,01,01,0
Hipersensível a mágoas2,01,02,00,01,0
Média dos sintomas emocionais 2,10,41,00,50,5
Soma das médias dos sintomas 8,13,05,52,72,9
 20132014
DATAS:4/98/125/214/319/4
Média das dores1,81,33,01,01,3
Media dos sintomas de Parkinson2,20,60,70,60,1
Média dos sintomas de outros órgãos2,00,80,80,61,0
Média dos sintomas emocionais 2,10,41,00,50,5
Soma das médias dos sintomas 8,13,05,52,72,9

Gráfico da Evolução da média dos sintomas

Medicamentos utilizados no periodo mencionado (7 meses) :

1- Ignatia LM4 a LM5, OT de Encéfalo + Mielina+ Substancia cinzenta + Substancia branca + ventrículo + Arteria cerebral + Ateroma da LM5 a LM8

2-OT de Ossos + Ligamentos + Cartilagem + Tendões + Tecido Sinovial e Cápsula + Plexo lombar + Plexo Sacral + Nervo Ciático + Disco Intervertebral + Fibras Musculares +Ateroma da LM4, LM5 passando depois para a CH15 e CH16

Comentários

Laudo do ultra som de coluna levado na 1a consulta= Fratura de 2 vertebras e Hernia de disco lombar , que explicava as dores lombares , totalmente corrigidas pelo OT de Ossos, articulacoes , musculos e plexos nervo vasculares.

A paciente apresentava também obstrução da carótida, mas não tivemos como repetir o Ultra som para verificar diminuicao da obstrução

Paciente após suspender medicamentos em 19 04 2014, quando a sentença numérica que estava=19 04 2014= 5/1/6/5=piorou significativamente em 27 11 2015= 25/8/23/56 Retomou o tratamento em 16 11 2015

Em 10 12 2015 , ja havia melhorado para 10/12/2015= 17/4/11/32= 22 dias após [Ignatia LM5] + [OT de Encéfalo + Mielina+ Substancia cinzenta + Substancia branca + ventrículo + Arteria cerebral + Ateroma LM8] . Após retomada do tratamento nesta data, voltou a melhorar para 26 01 2016= 5/1/6/5=68 dias após a medicação acima.

Em 12 05 2014=Passar Prolopa de ½ comp de 6/6hs para ¼ de comp de 8/8 horas, e Mantidan de ½ comp 1 x ao dia para ¼ de comp 1x ao dia e Parkinsol de para ½ comp 1 x ao dia para para ¼ comp 1 x ao dia.

Veja o resumo do video do relato da acompanhante, irma da paciente, sobre as melhoras acompanhadas durante os 7 meses de tratamento.